@ papelada

@ Outubro 2009

@ Setembro 2009

@ Agosto 2009

@ Julho 2009

@ Junho 2009

@ Maio 2009

@ Abril 2009

@ pesquizadela
 
@ fresquinho

@ Baio Baio.

@ NERVOS

@ Changing live feels so go...

@ Before Sunrise.

@ Idolos, antro de parolos,...

@ Au Revoir Simone Again.

@ Xilme.

@ Eme Gê Eme Tê

@ oiiii!! hihihi :p

@ Inéz homes.

@ linkis
@ calendário
@ muláncia
Terça-feira, 26 de Maio de 2009
Teorias de Uma Sociedade. Escritas Por Uma Revoltada.

 Sentada sensivelmente um bocadinho mais ao lado esquerdo da sala, pareço entretida a escrever umas meras coisas, mas os movimentos à minha volta são TÃO pueris que me enjoam...

 É revoltante saber as más línguas convocadas que se tocam escondidas lá atrás, como é possível?

 O sentimento de uma vida renovada, um peso leve, um peso sem peso, aquilo que não nos transfere qualquer coisa incómoda.

 É como se fossemos a caminhar num caminho urbano muito populado, em que tentamos entender os rostos e as expressões das pessoas, nunca achamos aquilo que elas são, no fundo, mas ´bem lá no fundo (como a minha mãe me dizia) elas são CRUÉIS, FALSAS, MENTIROSAS, CABRAS/BOIS, COBARDES, INTRIGUISTAS, COSCUVILHEIRAS...

 Uma linguagem fabril, uma linguagem de monte e apenas coisas OCAS lhes cabem na cabeça.

 Concluindo, isto não passa de conformismo a um ambiente intragável.

 

See you,

Zirtaeb.

publicado por (nickanome) às 22:13
linki | manda aí um bitaite | gostaste foi?